sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Nenhuma lágrima!

Um pressentimento.
Uma dúvida.
Uma pergunta.
Uma resposta.
Uma verdade.
Vários significados.
Uma certeza.
Um alivio.
Uma dor.
Nenhuma lágrima.

9 comentários:

Priscila Rôde disse...

Eu gosto da´s lágrimas.. rs
Bom final de semana!
Beijos.

railer disse...

às vezes elas vêm com atraso.

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

LINDO!

Manuela Freitas disse...

Simples e conciso, mas cada palavra faz pensar.
Beijinhos,
Manuela

Márcio Kindermann disse...

Uma VIDA.
Bj meu

railer disse...

voltei aqui pra agradecer os cumprimentos lá no blog. beijos!

dand disse...

Oii.. passando pelo blog do Ralie ví o link do seu, me empolguei pelo título rsrss.. depois te explico porque.. aí me interessei pelo conteúdo..muito bacana.

As vezes tb nem choro, outras vezes choro demais. pelo motivo atual e pelos outros q não havia chorado hehe.

Abraços

G I L B E R T O disse...

Flavia

Certeza... houve resposta!


Abraços, poema instigante!

fauno disse...

muy lindo blog... saludos!